Desaparecidos

2° PASSO – Procurar outros órgãos públicos que possam auxiliar na busca

Na cidade de São Paulo, existem, além do DHPP, outros órgãos públicos que podem orientar e auxiliar na sua busca por alguém desaparecido. São eles: o Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos (PLID), do Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP), a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social da Prefeitura de São Paulo, por meio do setor conhecido como SMADS-Desaparecidos e o Balcão de Atendimento da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, também da Prefeitura.

Os funcionários desses órgãos têm acesso a informações que não estão disponíveis ao público, por exemplo, conseguem procurar pela pessoa desaparecida no registro dos beneficiários que passaram por abrigos, casas de acolhida, buscá-lo/a entre as pessoas em situação de rua, consultar se ela foi presa etc. Eles são grandes aliados em sua busca e também podem informar sobre os seus direitos ao longo desse percurso.

Para que eles iniciem a busca será necessário levar o Boletim de Ocorrência (1º PASSO). Caso você não tenha segurança para fazer o BO sozinho/a, esses órgãos podem ajudar a fazê-lo via internet. Você pode continuar em contato com essas instituições a qualquer momento. É fundamental mantê-los informados de qualquer novidade sobre o caso, inclusive se a pessoa tiver retornado.

Programa de Localização e Identificação e Desaparecidos (PLID)

O que é?

É uma ação institucional dentro do Ministério Público do Estado de São Paulo (MP/SP). Ele funciona por meio de um banco de dados que cruza informações de diversos órgãos utilizados nos processos de localização de desaparecidos.

O que faz?

Tem como objetivo a localização e identificação de pessoas desaparecidas, vítimas de crimes ou não. Para tanto, o Programa possui um sistema com dados organizados sobre pessoas desaparecidas, que opera de forma integrada com outros órgãos no cruzamento de informações para geração de um banco de dados.

Como pode ajudar?

Você pode cadastrar o desaparecimento preenchendo o formulário no endereço eletrônico do PLID: www.mpsp.mp.br/portal/page/portal/plid/formulario É importante que você envie por e-mail uma foto e forneça, no formulário, o maior número de dados possíveis sobre a pessoa desaparecida. Vale lembrar que o preenchimento deste formulário não substitui o BO.

Contatos e endereços:

Endereço: Rua Riachuelo, nº 115. Edifício Aurora – 9º andar. Centro – São Paulo (SP) – CEP: 01.007-904.
Fone: (11) 3119-7183
E-mail: desaparecidos@mpsp.mp.br

Balcão de atendimento da secretaria municipal de direitos humanos e cidadania

O que é?

É um equipamento da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, que presta atendimento ao público em caso de violações aos direitos humanos. O Balcão conta com advogados/advogadas, assistentes sociais e psicólogos/ psicólogas. O atendimento é feito presencialmente de segunda a quinta-feira das 10h às 16h.

O que faz?

Atua no registro, encaminhamento e monitoramento das violações aos direitos humanos perante os órgãos competentes para a solução e mantém diálogo direto com estes órgãos.

Como pode ajudar?

O Balcão pode receber denúncias de violação aos direitos humanos e oferecer orientações em caso de desaparecimento de pessoas, encaminhando as famílias à rede de instituições que podem ajudar no seu processo e solução. Quando você for ao Balcão, é importante que você leve uma foto recente da pessoa desaparecida.

Contatos e Endereço:

Endereço: Rua Líbero Badaró, nº 119 – Térreo, Centro – São Paulo (SP) – CEP: 01009-000.
Fone: (11) 3113-8994 / 3113-8993.
E-mail: Rsmdhcgabinete@prefeitura.sp.gov.br
Site: www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/direitos_humanos/menu

SMADS-DESAPARECIDOS

O que é?

A SMADS-Desaparecidos é um setor da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) da Prefeitura de São Paulo e tem por objetivo auxiliar na localização de pessoas que estão em situação de rua e de pessoas desaparecidas.

O que faz?

Presta assistência aos familiares que estão à procura de uma pessoa desaparecida e orienta sobre os serviços que podem auxiliar nessa busca. Além disso, também recebe solicitações sobre pessoas desaparecidas do PLID, da Defensoria Pública, do DHPP e delegacias, da sociedade civil, IML e de familiares. Esse setor também faz a divulgação sobre o desaparecimento e auxilia na localização de familiares de corpos não reclamados junto ao IML Central. A relação de pessoas procuradas é divulgada no endereço eletrônico: www. prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/assistencia_social/noticias/?p=213289 Facebook SMADS-Desaparecidos: www.facebook.com/SMADSDesaparecidos/

Como pode ajudar?

Para solicitar a pesquisa e cadastramento é necessário encaminhar uma cópia do BO de desaparecimento para o e-mail: darkohunter@prefeitura. sp.gov.br. Caso a pessoa seja acolhida em algum serviço da SMADS, o sistema identificará que se trata de um desaparecido e iniciará os procedimentos. Também será útil na busca se você levar para a SMADS-Desaparecidos uma foto recente.

Contato e endereço:

SMADS-Desaparecidos
Telefones: (11) 2391-9779 / 9-7549-9770.

Posto Avançado – Centro de Referência Especializada de Assistência Social:

Endereço: Rua Mauá, nº 36 – próximo à Estação Júlio Prestes, Santa Cecília – São Paulo (SP) – CEP: 01.028-000
Telefone: (11) 9-9932-2371

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *